Home » Albufeira

Albufeira

970 views Não Commentado

Uma das estâncias balneares mais concorridas do Algarve pela animação e irreverência, Albufeira deve a sua fama às belíssimas praias e aos muitos bares e discotecas.

Praia do Túnel ou Peneco

Mas vale a pena conhecer melhor esta cidade de casario branco. Fundada pelos Árabes, conserva as ruas estreitas e sinuosas, a descobrir num passeio de dia ou de noite já que a animação não pára. Os caminhos levam-nos à Praia do Túnel ou do Peneco no extenso areal enquadrado pela cidade, que forma um anfiteatro virado ao mar. Ao longo do areal o passeio marítimo abre perspetivas para outras vistas e é limitado a oeste pela Gruta do Xorino, onde os mouros se refugiaram no século XIII após a reconquista cristã da cidade.

Os barcos de pescadores, pintados de cores garridas, descansam na areia da sua faina diária. E nos bairros antigos das gentes do mar, um bar ou um restaurante espreitam a cada esquina. Aqui podemos saborear o marisco ou o peixe fresquíssimo, simplesmente grelhado ou na cataplana, a especialidade da região. Muito apreciado é também o franguinho assado com ou sem piripiri, que ganhou fama na Guia, a cerca de sete quilómetros.

Ou os doces – de amêndoa, figo e alfarroba… e ainda a aguardente de medronho ou o licor de amêndoa amarga. Estas delícias têm origem nas aldeias do interior. Se nos afastarmos um pouco do horizonte azul do mar, podemos apreciar o verde que salpica os campos com laranjeiras, amendoeiras ou figueiras. E podemos também descobrir testemunhos do passado como o Castelo de Paderne com grossas muralhas de taipa características das construções árabes.

Reaproximando-nos da costa devemos visitar ainda a Ermida de Nossa Senhora da Orada, cuja festa tem lugar a 14 de Agosto e inclui uma grandiosa procissão de barcos. Bem perto, fica a moderna Marina de Albufeira, que acolhe com excelentes infraestruturas todos os que chegam por mar.

Mas foram as praias que deram a Albufeira renome internacional. E todas são diferentes, cada uma com o seu encanto próprio. A variedade é grande e tem início a oeste na Praia dos Salgados com as suas dunas de areia branca. Sucedem-se areais emoldurados por rochedos esculpidos pela erosão como a Galé, Castelo, São Rafael ou Arrifes.

A cidade também tem praias – Pescadores, Túnel, Alemães e Inatel – acessíveis num curto passeio a pé. E a oferta continua na direção leste rivalizando em beleza e animação nas Praias da Oura, Santa Eulália, Maria Luísa e Olhos de Água que tem nascentes de água doce em pleno areal. O limite do concelho é marcado pelo longo areal da Praia da Falésia – quilómetros de praia limitados pela arriba que lhe deu nome que se declina em matizes dourados, acobreados e avermelhados. Uma imagem que ganha mais intensidade à luz do fim da tarde e que permanece na nossa memória.

Booking.com